Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/medimage/public_html/novo/noticias_impressao.php:3) in /home/medimage/public_html/novo/config.php on line 3

Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/medimage/public_html/novo/noticias_impressao.php:3) in /home/medimage/public_html/novo/config.php on line 3
Combatendo a azia - As frutas são um bom antídoto contra a acidez gástrica

03.07.2007 - Azia

Combatendo a azia - As frutas são um bom antídoto contra a acidez gástrica

imagem

A azia é um problema que atinge muita gente com freqüência e geralmente é causada por erros na alimentação do dia a dia. Na maior parte dos casos, está relacionada a erros alimentares: ingerir alimentos em excesso, sobrecarregando o estômago, não mastigar bem a comida, passar horas de estômago vazio ou comer alimentos que irritem a mucosa intestinal,como os muito ácidos,gordurosos ou apimentados e bebidas alcoólicas.

Não devem ser ingeridos alimentos ácidos como: café, refrigerantes, bebidas alcoólicas, frutas cítricas ( abacaxi, laranja, maracujá), comidas condimentadas e frituras.

No entanto, segundo estudos de nutricionistas as frutas podem ser um bom remédio para combater a acidez gástrica que tanto incômodo provoca.

Entre as frutas recomendadas para cortar a azia estão: maçã, pêra, melão, melancia e banana. Ah e uma dica importante, evite o excesso de leite, pois existe uma crença de que o leite corta a acidez. Na verdade ele só neutraliza por um determinado período. Passado o efeito, a acidez volta de maneira ainda mais forte.

O tratamento ou prevenção, de acordo com especialistas, passa por correção de hábitos alimentares, ou seja, não existem proibições, mas os alimentos gordurosos, as frituras, as frutas ácidas, os excessos de temperos, o hábito de fumar, as bebidas alcoólicas também devem ser consumidas de forma moderada e equilibrada, sendo que existem fatores individuais (algumas pessoas irão tolerar melhor ou pior um determinado alimento ou hábito alimentar). Então, é preciso evitar aqueles que causem mais azia.

Os hábitos pessoais são tão importantes quanto os hábitos alimentares no tratamento da azia. Por exemplo, esta condição é praticamente desconhecida entre os atletas, ou seja, ela ocorre em pessoas sedentárias. Assim, uma das formas de tratar a azia (e vários outros problemas) é iniciar um esquema de atividade física regular, como a caminhada, na grande maioria das vezes.

Orientação

Os médicos recomendam vários pontos que considerados primordiais para quem tem azia. O hábito de alimentar e deitar logo em seguida deve ser condenado para os portadores do problema: deve-se aguardar uma ou duas horas, para permitir que estômago se esvazie e que reduza a produção de ácido.

O uso de roupas apertadas também altera a pressão dentro do abdomen, faz com a acidez do estômago reflua para do esôfago, e promova a azia.

A ingestação de muitos líquidos, especialmente os gasosos, durante uma refeição também é um fator causador da azia. O próprio peso da pessoa, a gordura acumulada, não externa, mas internamente dentro do abdomen funciona também como uma pressão adicional sobre estômago, promovendo refluxo.

Então, é preciso cuidar de seu peso, manter uma atividade física e evitar nunca se deitar após ter-se alimentado, além de manter uma dieta equilibrada.


Fonte: BemStar e Boa Saúde
Edição: F.C.
03.07.2007